8 COMENTÁRIOS

Deixe um comentário Seu endereço de email não será publicado.

Deixe uma resposta para Mauricio Xandó Cancelar resposta

  1. Alan Niemies disse:

    Olá, Lucas!
    Muito interessante e esclarecedor o seu post. Abordei o tema da canibalização em um pedaço de post em meu blog há alguns dias atrás, e creio que vou linkar este seu artigo por lá, já que é realmente muito bom.
    Um grande abraço e muito sucesso com o seu trabalho!

  2. Lucas Souza disse:

    Fala Mario Andrade.
    É interessante focar a uma palavra-chave específica. As palavras compostas devem ter um peso único de relevância, deste modo podem ser citadas em categorias próprias sem que influenciem as demais sub-keywords.

  3. Lucas Souza disse:

    Grande Mauricio!
    O interessante é destacar o foco de cada keyword em determinada página. Sempre evite o efeito metralhadora, trabalhe na ordnação lógica de cara palavra-chave para aumentar não só o SEO de seu domínio, mas também a usabilidade para os visitantes.

  4. Ao trabalhar keyword+variavel está a trabalhar keyword também.

    É considerado keyword Cannibalization?

  5. O correto seria colocar:
    Key – (Cinemas +variavel , filmes +variavel , trailers +variavel )

  6. Olá Lucas, Parabéns pela matéria.
    Se eu colocar uma variavél na keyword buscando do banco o nome ajuda?
    Ex:
    Key – (Cinemas, filmes, trailers) coloco em todas minhas keys

    o correto seria colocar:
    Key – (Cinemas , filmes, trailers)
    Se eu colocar buscando uma variavél já ajuda?

    Cada página terá o seu key idêntico ao conteúdo;
    Cada página terá um key diferente.

    Isto fará alguma diferença?

    Abraços
    Mauricio Xandó

  7. Lucas Souza disse:

    Grande Chris
    Realmente meu amigo, em todos os ramos de negócio, o bom senso, assim como a ética devem sempre ser colocados em primeiro lugar, nada como o trabalho sério para levar bons projetos adiante 🙂

  8. Com relação às dicas para evitar isso, acredito que vale também o bom senso: usar keywords (e description) bem focadas no conteúdo da sua página.
    Aliás, bom senso é a alma do SEO – claro que as dicas e técnicas ajudam! hehe

    Abraço!